March 22, 2006

Estejamos vivos, então!


Morre lentamente quem não viaja,
quem não lê, quem não ouve música,
quem destrói o seu amor-próprio,
quem não se deixa ajudar.

Morre lentamente quem se transforma escravo do hábito,
repetindo todos os dias o mesmo trajecto,
quem não muda as marcas no supermercado,
não arrisca vestir uma cor nova,
não conversa com quem não conhece.

Morre lentamente quem evita uma paixão,
quem prefere o “preto no branco” e os “pontos nos is”
a um turbilhão de emoções indomáveis,
justamente as que resgatam brilho nos olhos,
sorrisos e soluços, coração aos tropeços, sentimentos.

Morre lentamente quem não vira a mesa quando está infeliz no trabalho,
Quem não arrisca o certo pelo incerto atrás de um sonho,
Quem não se permite, uma vez na vida, fugir dos conselhos sensatos.

Morre lentamente quem passa os dias queixando-se da má sorte ou da Chuva incessante, desistindo de um projecto antes de iniciá-lo,
Não perguntando sobre um assunto que desconhece e não respondendo quando lhe indagam o que sabe.

Evitemos a morte em doses suaves, recordando sempre que estar vivo
Exige um esforço muito maior do que o simples acto de respirar.
Estejamos vivos, então!

Pablo Neruda

Post comentário escrito por "GR", Jornal Vivo agradece sua coloboração.

3 Comments:

Anonymous GR said...

Com toda a simpatia.

GR

1:13 PM  
Anonymous Anonymous said...

Pois eu sinto-me a morrer, sinto-me rejeitada pelo mundo,depois de meu divorcio a vida para mim tem sido uma constante tormenta, os amigos que tinham apenas se afastaram, mas porquê?Estar vivo significa sermos maus uns para os outros?

Gosto de ler seus artigos, apesar de nunca comentar.

12:52 AM  
Anonymous GR said...

«Não sei se sabe que descrever é fácil.
Escrever é que é difícil.»
MIGUEL TORGA

Gostaríamos nós, alguns de nós que tanto gostamos de ler, termos a mesma sensibilidade de poder escrever. Porque ler é um dos maiores prazeres!
Ler é aprender, é sonhar, é querer.
Escrever, pode ser sofrer,pegar na caneta e não conseguir dizer. É difícil escrever! Mas ler! Romance, ficção, poesia ou história, o importante é ler! Necessário, é criar hábitos de leitura a todas as crianças. Fundamental é ensina-las a ler!

Em Portugal, há mais de oitocentos mil analfabetos.

Será que, algum dia darão oportunidades de ensino para que todos saibam ler!

GR

5:25 PM  

Post a Comment

<< Home

Powered by Blogger


More Free Music at MP3-Codes.com